Meu primeiro selo

Meu primeiro selo
mimo do meu amigo Carlos

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Ser Especial

Ter um sonho que se realiza no meio de muitas tormentas,
Ter um encontro com a vida, quando ela está por deixar-te,
Ter um momento de luz no meio da escuridão,
Ter humildade para voltar no caminho,
Ter sabedoria para escolher a melhor hora para seguir.
Ser especial, só especial é...
Ser o encontro da eternidade com seu tempo,
Ter o encontro das almas,
Ter a essência jorrando em raios por todos os poros,
Ser o encontro das águas turvas, com toda a beleza do mar azul,
Ser o poder das forças que une os corpos.
Ser especial, só especial é...
Ver que tu podes seguir o caminho do meio,
O caminho que te leva ao encontro do equilíbrio,
O caminho que te deixa em paz com os teus,
O caminho que te faz voltar para dentro,
Como se buscasse a luz, que tantas vezes te deixou na escuridão.
Ser especial, só especial é...
Poder sentir o amor nas veias que pulsam,
Sempre chamando e dizendo:Viva!
É a vida que te chama sempre, aproveita esse momento e reflita.
Quanto já fizeste por teus sonhos, para encontrar a tua vida?
Quantas lágrimas já derramaste no teu caminho?
Quantos vezes caminhaste sozinho?
Especial é ter luz,
Sentir a calma,
Deixar que a angústia não te derrube,
Ter forças para lutar.
Ser especial é ser como tu:RAMON
Puro, com sabedoria nas palavras,
Força nos braços,
Lágrimas sem dor.
É saber sorrir da tristeza quando ela te angustia,
É saber caminhar sozinho, sem muletas,
É saber ouvir o silêncio,
É saber calar na multidão.
Refletir sempre...
Sentir infinitamente...
Viver eternamente...
E sonhar...
(desconheço autoria).
Ramon Você é especial

domingo, 11 de dezembro de 2011

Reverência ao Destino

Falar é completamente fácil, quando se tem palavras em mente que expressem sua opinião.
Difícil é expressar por gestos e atitudes o que realmente queremos dizer, o quanto queremos dizer, antes que a pessoa se vá.

Fácil é julgar pessoas que estão sendo expostas pelas circunstâncias.
Difícil é encontrar e refletir sobre os seus erros, ou tentar fazer diferente algo que já fez muito errado.

Fácil é ser colega, fazer companhia a alguém, dizer o que ele deseja ouvir.
Difícil é ser amigo para todas as horas e dizer sempre a verdade quando for preciso.
E com confiança no que diz.

Fácil é analisar a situação alheia e poder aconselhar sobre esta situação.
Difícil é vivenciar esta situação e saber o que fazer ou ter coragem pra fazer.

Fácil é demonstrar raiva e impaciência quando algo o deixa irritado.
Difícil é expressar o seu amor a alguém que realmente te conhece, te respeita e te entende.
E é assim que perdemos pessoas especiais.

Fácil é mentir aos quatro ventos o que tentamos camuflar.
Difícil é mentir para o nosso coração.

Fácil é ver o que queremos enxergar.
Difícil é saber que nos iludimos com o que achávamos ter visto.
Admitir que nos deixamos levar, mais uma vez, isso é difícil.

Fácil é dizer "oi" ou "como vai?” •Difícil é dizer "adeus", principalmente quando somos culpados pela partida de alguém de nossas vidas...

Fácil é abraçar, apertar as mãos, beijar de olhos fechados.
Difícil é sentir a energia que é transmitida.
Aquela que toma conta do corpo como uma corrente elétrica quando tocamos a pessoa certa.

Fácil é querer ser amado.
Difícil é amar completamente só.
Amar de verdade, sem ter medo de viver, sem ter medo do depois. Amar e se entregar, e aprender a dar valor somente a quem te ama.

Fácil é ouvir a música que toca.
Difícil é ouvir a sua consciência, acenando o tempo todo, mostrando nossas escolhas erradas.

Fácil é ditar regras.
Difícil é seguí-las.
Ter a noção exata de nossas próprias vidas, ao invés de ter noção das vidas dos outros.

Fácil é perguntar o que deseja saber.
Difícil é estar preparado para escutar esta resposta ou querer entender a resposta.

Fácil é chorar ou sorrir quando der vontade.
Difícil é sorrir com vontade de chorar ou chorar de rir, de alegria.

Fácil é dar um beijo.
Difícil é entregar a alma, sinceramente, por inteiro.

Fácil é sair com várias pessoas ao longo da vida.
Difícil é entender que pouquíssimas delas vão te aceitar como você é e te fazer feliz por inteiro.

Fácil é ocupar um lugar na caderneta telefônica.
Difícil é ocupar o coração de alguém, saber que se é realmente amado.

Fácil é sonhar todas as noites.
Difícil é lutar por um sonho.

Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo, mas com tamanha intensidade, que se petrifica, e nenhuma força jamais o resgata.
Carlos Drummond de Andrade


                                                           Saudades Ramon!!!!

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

A Busca

   
                                    Autor(a): ANGELICA DA SILVA ARANTES

Às vezes buscamos no amor
Encontrar uma única saída
Para escondermos a dor
De uma dolorosa despedida.

Mas nem sempre conseguimos
De esta dor nos esconder
E nesta busca desistimos
De outra forma proceder.

O amor é um grande consolador
Que inibe todas as investidas
Da tristeza, da saudade e traz calor
A pobre alma que está ferida.

E deixamos nos enganar
Com a astuta armadilha
De um ingrato a ludibriar
E acabamos em uma guerrilha.

Guerrilha de sentimentos
Que desconhece a verdade
E acaba em certos    momentos
Virando uma grande saudade.

Autora: Angélica da Silva Arantes                    Saudades Ramon!!!!!!

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Triste Saber Que O Tempo Não Volta

                                              ADILSON COSTA
É manhã ainda e estou a refletir,
como seria bom voltar ao tempo decorrido,
refazer atos e reviver o sorrir
desse tempo passado.

Triste saber que o tempo não volta eu poderia
abraçar quem deveria ter abraçado,
ajoelhar aos pés de pessoas de valor,
sentir novamente ao meu lado
aquele que é o verdadeiro Amor.

Triste saber que o tempo não volta eu gostaria de
ouvir e ver pessoas que tenham partido,
beijar quem deveria ter beijado,
sorrir por quem deveria ter sofrido
e dizer no ouvido que estou arrependido.

Triste saber que o tempo não volta eu digo
seria maravilhoso ter a chance de não magoar,
de segurar com mais força o vaso da felicidade,
que pela nossa maneira de Amar
caiu e seus pedaços nos feriram de verdade.

Triste saber que o tempo não volta eu diria mais
palavras de conforto para nos fortalecer,
eu tremeria ainda mais de paixão,
completaríamos ainda mais nosso viver,
e ouviria menos bem menos a razão.

Triste saber que o tempo não volta
quem sabe terei uma chance nesse tempo que ainda tenho,
pois ainda respiro e meu coração continua a bater,
bate mais lentamente eu confesso,
talvez esperando meu regresso,
ao caminho da felicidade,
pode ser que eu volte e consiga encontrar a trilha certa,
morrerei tentando essa é a palavra certa,
mas continuarei dizendo,
“Triste saber que o tempo não volta
Adilson Costa

Saudades Ramon !!!!!!!
                 

sábado, 19 de novembro de 2011

Ramon Floyd-Nove Meses Sem Você

Nove meses te carreguei no meu ventre, você era ansiosamente esperado, desejado, não veio por acaso, você nasceu de um amor muito intenso.
E nesse dia renasci.
Não teve o privilegio de conhecer seu pai, pois tragédia idêntica aconteceu com ele, talvez designo de um destino cruel ou de uma missão a cumprir.
Fui seu pai e sua mãe, e não me arrependo por um minuto sequer, pois sei que desempenhei meu papel com muito amor, carinho e dedicação.
Em troca tive muito amor, carinho e muito afeto.
Hoje infelizmente conto nove meses de uma partida súbita, uma perda dolorosa, sofrida,  palavras jamais conseguiriam explicar tamanho sofrimento, saudade, e lembranças...  parte de mim se foi com você.

Ao contrario da felicidade de te ver nascer, te vi partir.

Mas Deus não desampara seus filhos e uma alegria tive no dia 13.11 através de psicografia recebida pelo renomado médium da cidade de Curitiba Orlando de Noronha
Onde entre mais de 400 pedidos de psicografia foram recebidas 10 e tive o privilegio de receber a sua carta psicografada, não tem como negar a veracidade da mesma, só você poderia ter descrito com tamanha riqueza de detalhes a nossa vida juntos aqui na terra..
Não Tenho como duvidar... RAMON VOCÊ VIVE!!!!!

A você filho inesquecível que nem o tempo apagará a lembrança de sua existência.
Pois sei que VIVE em uma das moradas do Pai.
Desejo-te muita luz e Paz
Que nada terreno , material ou pessoas atrapalhem a sua evolução espiritual.
 Beijos na alma, da mãe que se tivesse que escolher, novamente te escolheria  como filho, pois você é especial.
O meu amor eterno.


Texto:Marise Couto

terça-feira, 15 de novembro de 2011

A Essência Da Alma

A alma é Luz...
Divina...
A alma é um
instrumento... que
traz a música.

A alma é um espelho...
que reflete na água do
lago azul.

A alma é uma flor, com
pétalas transparentes,
para enfeitar nossos
corações.

A alma é a fonte das
águas cristalinas...
que banham nossos
corpos.

A alma é o poema que
encanta todos os poetas,
nos seus sonhos e
devaneios.

A alma é virgem...
traz a pureza de uma
criança, quando
nasce.

A alma é um
mistério...
Não conseguimos
chegar ao topo do
seu segredo.

A alma é um arco-íris,
onde encontramos
todas as cores para nos
harmonizar.

A alma é livre, como
uma gaivota, voando
sobre o céu.

A alma é em especial
Deus, que nos deu a
vida Eterna...
 Autora:  (Maria Aparecida Macedo).      Saudades Ramon

terça-feira, 8 de novembro de 2011

O Ser Especial

Raramente paramos para observar as diferenças :
As pessoas que gostamos marcam
nossos momentos felizes.
O Ser Especial é a nossa Felicidade.

As pessoas que gostamos quase
sempre são bem vindas.
O Ser Especial tem presença indispensável.

Nós lamentamos quando as pessoas
que gostamos sofrem.
Quando o Ser Especial sofre,
nós sofremos também.

Às pessoas que gostamos
desejamos saúde e longa vida.
O Ser Especial queremos que seja eterno.

Quando as pessoas que gostamos adoecem,
queremos sua cura.
Quando o Ser Especial adoece ,
tememos perde-lo para sempre.

Quando as pessoas que gostamos viajam,
sentimos alguma saudade.
Quando o Ser Especial viaja, contamos cada
minuto que falta para o seu retorno.

Das pessoas que gostamos nem sempre
aceitamos os " defeitos ".
Pelo Ser Especial nosso amor é incondicional.

Às pessoas que gostamos,
nós damos atenção e carinho.
Ao Ser Especial, nós nos doamos por inteiro.

Das pessoas que gostamos,
nós recebemos todas as notícias.
Do Ser Especial, nós queremos
que todas as notícias sejam boas.

Quando as pessoas que gostamos partem,
ficamos entristecidos.
Quando o Ser Especial se vai, nós sentimos
que se foi a nossa melhor parte.

É doloroso dar adeus às pessoas que gostamos.
Mas dar adeus ao Ser Especial pode
ser a maior de todas as dores.

As pessoas que gostamos rondam todos
os cantos do nosso coração.
Mas o Ser Especial é o dono de
todos esses cantos.

Pare por um momento e reflita
sobre essas diferenças:
Se vier à sua lembrança a imagem de alguém e, em
seguida, um leve e profundo suspiro, com certeza
esse alguém é o seu
Ser Especial


(Você Ramon é o meu ser Esecial)


(desconheço autoria).

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

O Silêncio

Aprende com o silêncio
a ouvir os sons interiores da sua alma,
a calar-se nas discussões
e assim evitar tragédias e desafetos.

Aprende com o silêncio
a respeitar a opinião dos outros,
por mais contrária que seja da sua.

Aprende com o silêncio
que a solidão não é o pior castigo,
existem companhias bem piores...

Aprende com o silêncio
que a vida é boa,
que nós só precisamos olhar para o lado certo,
ouvir a música certa, ler o livro certo,
que pode ser qualquer livro,
desde que você o leia até o fim.

Aprende com o silêncio
que tudo tem um ciclo,
como as marés que insistem em ir e voltar,
os pássaros que migram e voltam ao mesmo lugar,
como a Terra que faz a volta completa
sobre o seu próprio eixo...


Aprende com o silêncio
a respeitar a sua vida, valorizar o seu dia,
enxergar em você as qualidades que possui,
equilibrar os defeitos que você tem
e sabe que precisa corrigir
e enxergar aqueles
que você ainda não descobriu.

Aprende com o silêncio a relaxar,
mesmo no pior trânsito,
na maior das cobranças,
na briga mais acalorada,
na discussão entre familiares.

Aprende com o silêncio a respeitar o seu "eu",
a valorizar o ser humano que você é,
a respeitar o Templo que é o seu corpo
e o santuário que é a sua vida.

Aprende hoje com o silêncio,
que gritar não traz respeito,
que ouvir ainda é melhor que muito falar.
E em respeito a você, eu me calo, me
silencio,
para que você possa ouvir
o seu interior que quer lhe falar,
desejar-lhe um dia vitorioso
e confirmar que VOCÊ É ESPECIAL.


(Paulo Roberto Gaefke).       Saudades Ramon

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Significados

Muito é quando os dedos da mão não são suficientes.
Pouco é menos da metade.
Ainda é quando a vontade está no meio do caminho.
Lágrima é um sumo que sai dos olhos quando se espreme o coração.
Vergonha é um pano preto que você quer para se cobrir naquela hora.
Solidão é uma ilha com saudade de barco.
Abandono é quando o barco parte e você fica.
Saudade é quando o momento tenta fugir da lembrança para acontecer de novo e não consegue.
Lembrança é quando mesmo sem autorização, seu pensamento reapresenta um capítulo.
Ausência é uma falta que fica ali presente.
Tristeza é uma mão gigante que aperta seu coração.
Interesse é um ponto de exclamação ou de interrogação no final do sentimento.
Sentimento é a língua que o coração usa quando precisa mandar algum recado.
Emoção é um tango que ainda não foi feito.
Desejo é uma boca com sede.
Paixão é quando apesar da palavra “perigo” o desejo vai e entra.
Excitação é quando os beijos estão desatinados para sair da sua boca depressa.
Angústia é um nó muito apertado bem no meio do sossego.
Ansiedade é quando sempre faltam cinco minutos para o que quer que seja.
Preocupação é uma cola que não deixa o que ainda não aconteceu sair de seu pensamento.
Indecisão é quando você sabe muito bem o que quer, mas acha que deveria ser outra coisa.
Agonia é quando o maestro de você se perde completamente.
Sucesso é quando você faz o que sempre fez só que todo mundo percebe.
Sorte é quando a competência encontra a oportunidade.
Ousadia é quando a coragem diz para o coração “ vá ” e ele vai mesmo.
Lealdade é uma qualidade dos cachorros que nem todo ser humano consegue ter.
Decepção é quando você risca em algo ou em alguém um xis preto ou vermelho.
Indiferença é quando os minutos não se interessam por nada especialmente.
Certeza é quando a idéia cansa de procurar e para.
Desilusão é quando anoitece em você contra a vontade do dia.
Desatino é desataque de prudência.
Alegria é um bloco de carnaval que não liga se não é fevereiro.
Razão é quando o cuidado aproveita que a emoção está dormindo e assume o mandato.
Prudência é um buraco de fechadura na porta do tempo.
Lucidez é um acesso de loucura ao contrário.
Pressentimento é quando passa em você um trailer de um filme que pode ser que nem exista.
Intuição é quando seu coração dá um pulinho no futuro e volta rápido.
Vontade é um desejo que cisma que você é a casa dela.
Culpa é quando você cisma que podia ter feito mais, mas geralmente não podia.
Raiva é quando o cachorro que mora em você mostra os dentes.
Perdão é quando o Natal acontece em Maio, por exemplo.
Renuncia é um não que não quer ser.
Vaidade é ter um espelho onisciente, onipotente e onipresente.
Amigos são anjos que nos levantam quando nossas asas estão machucadas.
Felicidade é um agora que não tem pressa nenhuma.
Sorriso é a manifestação dos lábios quando os olhos encontram o que o coração precisa.
Desculpa é uma palavra que pretende ser um beijo.
Beijo é um procedimento inteligentemente desenvolvido para a interrupção mútua da fala quando as palavras se tornam desnecessárias.
Amor é quando a paixão não tem outro compromisso marcado, não...Amor é um exagero, também não....
É um cuidar de.... uma batelada de carinho, um exame, um dilúvio, um mundaréu, uma insanidade, um destempero, um despropósito, um descontrole, uma necessidade, um desapego, talvez se não tivesse sentido... talvez porque não houvesse explicação....é acho que esse negócio de amor decididamente eu não sei definir.

Instituto Reconciliare                       Saudades Ramon

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Ramon Floyd - Oito Meses Sem Você

Passou o tempo e...
A saudade é o seu sinal de alerta, as lembranças são presentes a cada dia.
E você, é o meu guia, a minha luz sempre acesa, o meu amor eterno.
A chama da vela às vezes se apaga, e nesses momentos tanto faz sorrir, ou chorar, pois nada vou conseguir mudar, só me resta me conformar.
Porque sei, que sua ausência sempre irei notar.
É aí que você surge novamente belo e luminoso e não me deixa cair ou tropeçar, corrige os meus pensamentos com a força da sua alma, não tem como não te sentir e notar.
São sentimentos semelhantes com iguais esperanças, vivemos em sintonia, na certeza que nunca conjugaremos o verbo amar no passado, por isso vou te amar para sempre.
Tenho a certeza que o nosso amor é verdadeiro e o tempo não vai mudar.
Hoje oito meses que você partiu só vou desejar muita paz e luz.
Ramon:
Meu anjo enviado pelo céu, que vem em meu socorro.
Percebe a fraqueza das minhas asas.
E, surge como mágica e me ensina a voar e viver.

Te Amo
                    Marise Couto

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Elos Da Vida

Pessoas são como elos...
Elos que se entrelaçam pela
força do destino, Elos que se
definem pelo livre arbítrio...

Pessoas formam histórias.
Histórias de vida, com
rumos pré destinados...
Histórias de vida, de livre
escolha dos próprios atos.
O nosso eu acaba sendo
formado de pessoas....

Pessoas que amamos,
pessoas que odiamos,
pessoas especiais ou
insignificantes...
A nossa história é formada
de pessoas...
Muitas delas ficam apenas
um pouquinho conosco...
Outras, uma eternidade
de tempo físico...
Outras ainda uma
eternidade de tempo
espiritual.
Essas permanecem conosco
mesmo depois que o elo
físico se rompe...

São personagens de relações
eternas de amor!

Elos da vida
O rompimento doloroso só
consegue provocar o
afastamento da matéria; do
espírito jamais...

São essas pessoas que
fundamentam o nosso
alicerce de vida.

Elas vão e ficam ao mesmo
tempo. São pessoas que
jamais nos deixam sós,
pelo simples fato de
morarem dentro de nossos
corações...

Elas são elos inquebráveis,
que nos tornam capazes de
sermos também elos em
outras vidas...
Elos de amizade...
Elos de amor...
Assim é a corrente da vida,
onde as pessoas formam
sempre elos...Sinto que vivemos uma
uma nova era de relacionamento,
feita também de elos...
Elos virtuais...
mas tão reais...
Elos que nos marcam
profundamente!!!

Saudades Ramon !!!!!
(Desconheço o Autor).

domingo, 9 de outubro de 2011

Velas Precisam Ficar Acesas!

Quatro velas estavam queimando calmamente. O ambiente estava tão silencioso que podia-se ouvir o diálogo entre elas.

A primeira disse: Eu sou a Paz, e apesar da minha luz, as pessoas não conseguem manter-me acesa. Em seguida, a sua chama, devagarzinho, se apagou totalmente.

A segunda disse: - Eu me chamo Fé! Infelizmente sou supérflua para as pessoas. Elas não querem saber de Deus, por isso não faz sentido continuar queimando. Ao terminar sua fala, um vento bateu levemente sobre ela, e a chama se apagou.

Baixinho e triste a terceira vela se manifestou: - Eu sou o Amor! Não tenho mais forças para queimar. As pessoas me deixam de lado, porque só conseguem enxergar elas mesmas, esquecem até daqueles que estão à sua volta. E também se apagou.

De repente, chegou uma criança e viu as três velas apagadas ... - Que é isto? Vocês devem ficar acesas e queimar até o fim. Então a quarta vela falou: - Não tenhas medo, criança. Enquanto eu estiver acesa, poderemos acender as outras velas.

Quando apagamos as chamas da Paz, Fé e Amor, ainda assim, nem tudo está perdido ... Alguma coisa há de ter restado dentro da gente. E isto tem que ser preservado, acima de tudo ...

Então a criança pegou a vela da Esperança e acendeu novamente as que estavam apagadas. Que a vela da Esperança nunca se apague dentro de você. Ela é a nossa luz no fim do túnel. O caminho da felicidade precisa, antes, ser pavimentado com esperança ... A felicidade nem sempre bate à nossa porta. Para
tê-la é preciso uma busca incessante, e ao encontrá-la ter a coragem de trazê-la para dentro de nós!

NPD-BRASIL
( Colaboração de Wagner Carminatti )           Saudades Ramon!!!!!

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Definição de filhos por José Saramago


"Filho é um ser que nos emprestaram para um curso intensivo de como amar alguém além de nós mesmos, de como mudar nossos piores defeitos para darmos os melhores exemplos e de aprendermos a ter coragem.


Isso mesmo!

Ser pai ou mãe é o maior ato de coragem que alguém pode ter, porque é se expor a todo tipo de dor, principalmente da incerteza de estar agindo corretamente e do medo de perder algo tão amado.

Perder? Como?

Não é nosso, recordam-se?

Foi apenas um empréstimo!"

José Saramago

Saudades Ramon!!!!!!

sábado, 1 de outubro de 2011

Descompasso da Alma

    "Busco...
    O que busco?
    Não sei definir...
    Algo que preencha este vácuo na alma.
    Uma música... um poema... uma palavra... um lugar...
    Alguém especial...
    Só não busco lágrimas... nem dores... nem desilusões...
    Dessas já me cansei...

    Sinto...
    O que sinto?
    Difícil explicar...
    Um quê de nostalgia...
    Um desejo de retornar não sei pra onde...
    Um vazio imenso... um pouco de tudo e de nada...
    Algo assim, como se tivesse chegado ao fim da estrada...

    Penso...
    Em que penso?
    Na vida...
    Nas chegadas... nas partidas... nos desencontros...
    Lembranças difusas se emaranhando na mente...

    Ah, se os pensamentos estagnassem...
    E eu tivesse um pouco de silêncio dentro da mente,
    Quem sabe, talvez, eu conseguisse pelo menos...
    Uma noite de paz!"


     (por Rose Mori)      Saudades Ramon!!!!

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Ramon Floyd - Sete Meses Sem Você

Não importa quanto tempo tenha passado ou quanto tempo ainda esta por vir, só sei que é muito difícil, saber que o passado esta no coração que o presente em meus pensamentos, e o futuro é uma enorme indagação.

Parece que tenho vivido uma vida que não parece ter sido projetada pra mim, tudo que ficou para “depois” “ficou fora de tempo” se tornou impossível, com conseqüências imprevisíveis.

Eu realmente não sei como será o meu amanhã, pois nem sei como consigo viver o hoje, acredito que essa força venha de você, pois acredito... Você não morreu: ausentou-se.

Nessas horas sinto falta de ouvir suas palavras sábias e apropriadas para qualquer problema, dificuldade ou aflição que surgia em minha vida, e fica visível um dos motivos de sua vida me dar sustentação.

Apesar da pouca idade você tinha o dom de me colocar pra cima, me mostrar às belezas da vida.

Pensei que com tantas perdas sofridas eu já tinha dado a minha cota de pessoas amadas que partiram cedo demais, fui perdendo um a um os meus afetos, meus tesouros, meus grandes amores, mas o pior estava por vir... Perder você.

E nesse ciclo da vida que se inicia para mim recebo a mais difícil lição: A Perda

Lição essa que não consigo entender, compreender e aceitar.

Eu me sinto como uma pessoa que apanha sem saber o porque.

Vivo a me perguntar porque tamanha prova aflitiva e áspera, a vida me reservou.
Uma dor incontrolável, insuportável, difícil de ser vivida, com surras seguidas que a vida insiste em me dar.

Nunca será esquecido, e a saudade tenha certeza nunca preenchida, te amo como sempre, sinto sua falta como nunca, até que um dia a gente se encontre, e esse dia será só nosso, será único.

Em quanto em mim houver um sopro de vida, você estará vivo em meu coração, em minhas lembranças e principalmente em meus pensamentos.

E quando esse sopro deixar de existir, mesmo assim tudo será igual, pois é nesse momento que estarei contigo, não importa aonde, como, mas estaremos juntos para sempre em algum lugar, na certeza do reencontro de nossas almas.

Obrigado por ter feito com a sua existência a minha vida tão feliz, você me deu seu coração e eu te dei o meu.

A minha força será a tua. E a tua será a minha.
Que o teu olhar nunca me perca.
Porque eu jamais te perderei.
          
“Que o sussurrar do vento te leve um beijo carinhoso e eterno e me deixe em seus pensamentos para que a distancia não apague em ti a minha existência”
Te amo
Texto: Marise Couto

sábado, 17 de setembro de 2011

A Sintonia dos Pensamenos


Na vida tive erros e acertos
Acho que mais acertos que erros
Amei e fui amado
Por muitos sempre lembrado
Até por quem nem imaginava
Também fui esquecido por quem jamais esperava
Tive momentos de tristezas
Mas por amigos daqui fui ajudado
A vocês que o tempo não apagou a minha lembrança
Que toda ausência traz
A vocês que realmente me amam
De coração, pensamento e alma.
Recebam em suas vidas
A minha vibração
E o brilho da luz que de mim emana.
Graças aos Pedidos a DEUS, para que eu seja um ser iluminado.
Tenha certeza
Que conforme suas preces
Esse é um sinal
Que meus pensamentos
Sempre estarão em sintonia com os teus
Amo vocês...

Autor: RF ?

Madrugada do dia 17.09     04:00 horas

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

O Ruído Do Silêncio

No vazio da noite procuro me esconder
Agora ouço só o silêncio dentro de mim
Silêncio que me faz sentir às vezes tão só
Mas ele é um grito que chega a me sufocar
Amedronta e apavora minha alma carente
E silencia meu coração vem me aterrorizar
Ouço teu sussurro aos meus ouvidos
É o silêncio da solidão que vem me procurar
Fecho meus olhos e me deixo
Pelo pensamento levar
Viajo pela estrada do tempo,
Tenho uma direção
Em silêncio caminho
Ouvindo apenas meu coração
Que às vezes chora, sente saudades,
Mas prossegue
Ando sozinho sem ouvir som algum,
Minha alma te procura
Apenas o ruído do silêncio
Que está a me perseguir
Privando-me os sentidos, tentando me impedir
Minha alma ainda sozinha
Não quer saber de ouvir
Este silêncio absurdo que está a me invadir
Ela desesperada chama pela tua alma agora
Pois este ruído silencioso da saudade
Mora dentro de mim
Desde que você foi embora

(André A.A.)    Saudades  Ramon!!!!

sábado, 10 de setembro de 2011

Alma Vazia

   Na vida vivemos momentos de alegria,
   outros de puro tormento…
   Ja passei por muito sofrimento,
   muitas vezes quis morrer…
   Aprendi que isto só vai acontecer,
   quando Deus assim o quiser…
   não depende de mim.
   Quando meu filho partiu,
   pensei que era tambem o meu fim.
   Mas…não é bem assim…
   Aprendi que não posso esmorecer,
   que a cada tombo que levar,
   tenho que me levantar
   e a vida de frente encarar.
   Hoje,muita gente me acha fria,
   porque vejo a realidade…
   Meu coração sangra de saudade,
   mas busco a alegria
   e a felicidade,
   no lugar mais profundo
   da minha alma vazia…
   Minha fé é inabalável!
   Estamos de passagem neste mundo,
   um dia vamos todos nos reencontrar.
   Basta saber esperar…

   Acredite!
   Isto é inevitável!

   Ilze Soares
   alma vazia                Saudades Ramon!!!!!

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Agora São Anjos

                                                 autor:  Marcial Salaverry

Nossos entes queridos
que seguiram na última viagem,
agora são anjos que nos protegem...
Anjos são assim,
dão vida à vida, e enfim,
atendem a um chamado superior
deixando-nos  cheios de dor...
Mas um consolo
há de ficar em nosso coração...
Aquela doce emoção,
de quando juntos estávamos...
Fica a lembrança agora,
e se a dor demora a ir embora,
pense apenas
que na verdade, não há penas,
pense que está ao lado de Deus,
e foi por isso que nos deu adeus...
Não foi um adeus, foi um até breve...
Até que Ele também nos leve...
Quando os olhos fechar,
há de lembrá-la a te beijar,
de contigo conversar...
E fica essa gostosa saudade,
que é um pouco de felicidade,
pelo tempo de vida desfrutado...

autor: Marcial Salaverry                  Saudades Ramon!!!!!

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Se Eu Morrer Antes de Você

Se eu morrer antes de você, faça-me um favor:

Chore o quanto quiser, mas não brigue com Deus por Ele haver me levado.

Se não quiser chorar, não chore.
Se não conseguir chorar, não se preocupe não.
Se tiver vontade de rir, ria.

Se contarem algo a meu respeito, ouça e acrescente a sua versão.
Se me elogiarem demais, corrija o exagero.

Se você tiver vontade de escrever algo sobre mim, diga apenas uma frase:
“Ele foi meu amigo, ele acreditou em mim e me quis mais perto de Deus!”“.

Hei de cuidar da mais nova tarefa do céu.

Olhe na direção de DEUS, você me verá, vai me ver muito feliz a olhar.
E, quando chegar sua vez de ir para ao Pai, nenhum véu nos separara.

Mais se eu morrer antes de você, acho que não vou estranhar o céu...
Porque ser seu amigo, é tudo em fim um pedaço do céu pra mim.

Saudades Ramon!!!

Texto: Chico xavier

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Descompasso da Vida

Luz!

Alegria! Nasce uma criança!

Um filho.

Amor único.

Carinho e Ternura sem igual.

Passa o tempo, redobram-se os cuidados.

Fazem-se sacrifícios, busca-se o melhor.

Luta-se desenfreadamente pelos que amamos.

Passa o tempo e vemo-los a crescer.

Com ele cresce também o Amor, multiplica-se a cumplicidade.

É incondicional a Entrega.

Não há Amor Maior do que o que sentimos por um filho!

É descomunal.

Avassalador!!!

Os seus sucessos, sorrisos e alegrias

São o Amanhecer da nossa Vida;

Já as tristezas, as suas lágrimas e angústias, fazem-nos tombar

Vestem a nossa alma de cinzento e negro.

O seu Sentir é o nosso Pulsar, como se dentro de nós continuassem.

O Amor a um filho

É um Jardim florido

É um Mar sentido

Um Luar vivido

Dentro dos ossos corações!

Água, ar, terra e fogo.

Cosmos e Universo…

Tudo por um filho!

De repente, surrealmente

Descompassa a Vida…

Tudo se inverte

O nada avança

O vazio vence

E a Vida perece.

O coração pára.

Com ele pára o tempo sem parar

A Esperança

Os Sonhos

As Expectativas

Os Projectos…

Mas é o maior Projecto de todos, a Vida, que se perde

Entre desespero, terror, dor e sofrimento.

Fim da linha

Irreversível

Stop

Morte.

E uma parte de mim morre também.

 Saudades!!!!!

Fly

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Amor Alem da Vida

                                                 Retrato de Rose Felliciano

"O coração dispara
Sempre que ouço seu nome
A voz some...
Quando quero te falar...

Nas trilhas, lugares,
Imagens, Paisagem
O Cheiro, paladar...
Tudo... tudo à lembrança me traz...

As sensações únicas
Músicas....
A voz, o som, o toque...
A vida, a morte.... a vida....

Separação que não separa
Saudade que estraçalha
Espada, lança, navalha
Cortes, feridas, despedida...

Na divisão das nossas vidas
Já não somos dois inteiros
Parte de mim você levou...
Teu ser em mim ficou... para sempre!"

Saudades!!!!








.

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Não Tem Sido Fácil

É, não tem sido fácil...
Ficar tanto tempo longe de você.

A presença em meu coração
De lembranças tão fortes,
Simplesmente não permite que eu tenha paz.

Ter você comigo foi algo forte demais
E eu não consigo conformar-me com a tua falta.
Não quero pensar em causas,
Nos motivos que levaram você de mim
E muito menos no tempo em que estamos separados.

Pensar nisto, é talvez tentar medir
A dimensão de minha saudade e isto é impossível.
Você teve os seus motivos para ir e eu tive os meus para ficar.
Penso então que temos nossas razões
para estarmos longe um do outro.

Olha, tenho tentado contabilizar as perdas.
O que você tirou de mim e levou embora junto com você?
Qual a parte de mim, que você escolheu
Para machucar com a saudade?
Realmente não sei.

O tempo talvez responda, o tempo talvez cure,
O tempo talvez apague...
Tudo o que sei é que...

Sinto saudades de você...

autor desconhecido

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Ramon Floyd- Seis meses Sem você

O tempo se arrasta, e a única certeza neste momento é sua ausência sentida, uma dor sofrida que o tempo ainda não amenizou e nem transformou.
Posso até arriscar em pensar que iremos superar essas provações através do que existe de mais forte entre nos, a inigualável força do AMOR.
Triste saudade de quem sente e não esquece.
Todas as noites te vejo, te sinto e é assim que percebo que você esta vivo.
Estamos apenas separados por um véu, onde você pode me ver e eu apenas te sentir.
Apesar de estarmos apenas em diferentes dimensões, sinto uma saudade imensa, pois você é amor que não se explica, amor que enfeitiça, é amor que se eterniza.
O tempo pode passar, se arrastar voar, mas nunca esquecerei você, sinal que nosso passado valeu a pena, pois só sente algo parecido com pessoas muito especiais, importantes e que muito amamos no decorrer de nossa jornada.
Idealizei, e sonhei caminhar feliz junto de ti, realizar sonhos que se mostravam prósperos e nos via num aconchegante futuro promissor.
A minha esperança o vento não leva, pois tenho você para segurá-la.
Mas sei que de onde estas pode me ver, apenas adiei esses sonhos e suas realizações, pois sei que um dia, em outro plano, quem sabe juntos possamos dar prosseguimento, naquilo que ficou para trás. Onde quer que você esteja sei que Deus escolheu um lugar, lindo e maravilhoso para esse filho que teve sua missão curta, e se partiu é porque a cumpriu no tempo que lhe foi dado por Deus.
E a tua alma pura, nas alturas ele a eleva, onde esta reservada a sua felicidade eterna.
O tempo não pode apagar as lembranças de alguém que soube fazer de pequenos momentos, momentos grandiosos e inesquecíveis, perto ou longe, fica a certeza que tenho o maior orgulho de ser sua mãe.
E sei que nosso amor não vai acabar nunca, e assim esse laço não ira se soltar, pois esta amarrado pela grande força do AMOR.
Deus me deu a capacidade de ter amar sem fim...
Texto: Marise Couto





terça-feira, 9 de agosto de 2011

Estou Contigo E Sempre Estarei

Estou contigo e sempre estarei
Nas nossas músicas que ficaram
E que ouço como um cântico divino.
Da manhã ao pôr–do–sol
E nessas noites em que não durmo.

Estou contigo e sempre estarei
Em toda lenda, conto ou história de amor.
Em todo canto, canto a história que ficou .
Lindo poema, o mais lindo que já li.
E esse, querido, posso jurar que vivi.

Estou contigo e sempre estarei.
No choro atravessado, calado e guardado.
Na palavra não dita, sofrida e contida.
Nas noites de sol ou num dia chuvoso
Na lua que brilha, no riso compartilhado.

Estou contigo e sempre estarei.
Na realidade e no sonho.
Nas borboletas que voam,
no canto dos passarinhos,
Na casa da árvore
Nas formiguinhas e joaninhas.
No vaga-lume que insiste em entrar à noite
Como que trazendo a esperança perdida.

Estou contigo e sempre estarei.
Nos campos devastados e em outros cultivados
Nos mosteiros silenciosos e nos cânticos dos padres.
No fundo, bem fundo do mares
E no vôo de um pássaro livre pelo ares.

Estou contigo e sempre estarei.
Nos castelos encantados
E nos moinhos de vento
Nas noites mágicas do Oriente
Ou bebendo um doce capuccino,
à espera de alguém, paciente.

Estou contigo e sempre estarei,
Em Verona, ou em algum lugar do passado.
No presente e creia em mim, no futuro
Para sempre
Te amarei.

Karla Julia                                 Saudades!!!!

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Despedida

 
Choro...
Mas as lágrimas já não escorrem mais...
Pois choro com a alma,
Pela a perda da presença...
Onde a esperança se despede,
Na partida de quem muito se amou;

Choro...
Pela dor de quem se perde...
Há quem muito ensinou...
A quem deixou como exemplo,
Uma lição de vida;

Choro...
Com coração que dói na sua batida,
Onde o seu som soa a saudade,
Onde mesmo nessa imensa dor,
Conseguiu fazer escorrer a ultima lágrima,
Ou quem sabe, a primeira de muitas...
Quando novamente recordar desse ente
Que marcou a esse coração que ainda bate;

Choro...
Sabendo que partiste...
Pelo o cumprimento de sua passagem,
Pelo o seu dever cumprido,
Onde registrou no seu caminho...
Onde aprendemos o valor da vida
E o seu segredo de quem sabe amar,
No qual essa lágrima conforta essa alma...
Com sua partida sem despedida.

Leny Borges                                                  
02/08/2010                                           Saudades  !!!!!

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Partida E Chegada






 Quando observamos, da praia, um veleiro a afastar-se da costa, navegando mar adentro, impelido pela brisa matinal, estamos diante de um espetáculo de beleza rara.O barco, impulsionado pela força dos ventos, vai ganhando o mar azul e nos parece cada vez menor. Não demora muito e só podemos contemplar um pequeno ponto branco na linha remota e indecisa, onde o mar e o céu se encontram. Quem observa o veleiro sumir na linha do horizonte, certamente exclamará: "já se foi".
Terá sumido?
Evaporado?
Não, certamente. Apenas o perdemos de vista. O barco continua do mesmo tamanho e com a mesma capacidade que tinha quando estava próximo de nós. Continua tão capaz quanto antes de levar ao porto de destino as cargas recebidas.
O veleiro não evaporou, apenas não o podemos mais ver.
Mas ele continua o mesmo.E talvez, no exato instante em que alguém diz: "já se foi",
haverá outras vozes, mais além, a afirmar: "lá vem o veleiro".
Assim é a morte.
Quando o veleiro parte, levando a preciosa carga de um amor que nos foi caro, e o vemos sumir na linha que separa o visível do invisível dizemos: "já se foi".
Terá sumido?
Evaporado?
Não, certamente. Apenas o perdemos de vista. O ser que amamos continua o mesmo.
Sua capacidade mental não se perdeu. Suas conquistas seguem intactas, da mesma forma que quando estava ao nosso lado. Conserva o mesmo afeto que nutria por nós.
Nada se perde, a não ser o corpo físico de que não mais necessita no outro lado. E é assim que, no mesmo instante em que dizemos: já se foi", no mais além, outro alguém dirá feliz: "já está chegando". Chegou ao destino levando consigo as aquisições feitas durante a viagem terrena. A vida jamais se interrompe nem oferece mudanças espetaculares, pois a natureza não dá saltos. Cada um leva sua carga de vícios e virtudes, de afetos e desafetos, até que se resolva por desfazer-se do que julgar desnecessário.
A vida é feita de partidas e chegadas. De idas e vindas. Assim, o que para uns parece ser a partida, para outros é a chegada. Um dia partimos do mundo espiritual na direção do mundo físico; noutro partimos daqui para o espiritual, num constante ir e vir, como viajores da imortalidade que somos todos nós.

Victor Hugo
(Extraído do livro "A Reencarnação Através dos Séculos")
Saudades!!!!!

terça-feira, 26 de julho de 2011

Se Amanhã Eu Não Acordar

                                                      Autor(a): Carla Elisio dos Santos

Se amanhã eu não acordar;
Não se desespere!
E antes de chorar;
Saiba que estarei no lugar;
Onde devo estar!

Se eu não mais estiver de pé;
Lembre-se de mim com alegria!
E para não perder fé;
Leia esta minha poesia!

Se amanhã eu não acordar;
Lembre-se do meu sorriso!
Pois para superar;
Assim será preciso!

Com o passar do tempo;
Sentirá a minha presença!
E num lindo sentimento;
Viverá com a minha ausência!

Se amanhã eu não acordar;
Não venha a se preocupar!
Pois a cada dia que passar;
Um sinal vou lhe mostrar!
Como prova de que eternamente;
Irei te amar!

Levarei no coração;
Os nossos bons momentos!
E ao ouvir uma canção;
Estarei em teus pensamentos!

Se amanhã eu não acordar;
Lembre-se da nossa amizade!
Onde o mundo poderia desabar;
Fortalecendo nossa cumplicidade!

Não se entristeça;
Diante do meu corpo inerte!
Não importa o que aconteça;
Pense apenas na última palavra que disseste!

Se amanhã eu não acordar;
Não pense que senti dor!
Tente apenas recordar;
De como é grande o nosso amor!

Jure que não vai sofrer;
Se amanhã eu não acordar!
Pois nunca vai me perder;
Estarei sempre a te esperar!
Se amanhã eu não acordar;
Talvez não haja despedida!
Mas eu venho te abraçar;
Antes da minha partida!

Não pense que desisti;
Só por que não estou perto!
O importante é que fui feliz aqui;
Fazendo o que é certo!

Se amanhã eu não acordar;
Por favor, cuide da minha herança!
Peço-te a não abandonar;
Pois faz parte da minha lembrança!

Ouça o seu coração;
Se você sentir saudade!
E no silêncio da solidão;
Encontrarás a felicidade!

Se amanhã eu não acordar;
Não pense que é o fim!
Pois em qualquer lugar;
Estarei perto de ti!
E só por um momento;
Eu tive que partir!

Saudades!!!!

terça-feira, 19 de julho de 2011

Ramon Floyd - Cinco Meses Sem Você

“Um dia, o Amor estendeu as mãos para o nada e abriu-se o espaço...”.

Um dia, o Amor estendeu as mãos para o homem e abriu-se o encontro...

Um dia, o Amor se tornou vida, e de minha vida você existiu...”“.
************************************************************************************
Cinco meses, 150 dias, 3600 horas, 216.000 minutos.

Não estamos preparados para essa viagem, que embora indesejada é inevitável pra qualquer ser humano, mas a sua foi tão prematura que me traz uma tortura, ferida que não sara e dói, demais. Hoje eu vejo a tua ausência pelos minutos que já se passaram e por não te ter ao meu lado, tempo que já se foi, e que não volta jamais!!!
.
Saudade tem nome... Ramon

Você é amor que não se esquece. É ternura que se eterniza, você é a minha luz, meu ar.

Estar longe de você é uma angustia que parece não ter fim, é sua falta notoriamente sentida.

Sei que de longe me observa, tento disfarçar minha tristeza.

Não quero que fique triste, pois a mesma saudade que sinto com certeza você também a sente.

Fechando os olhos posso te ver, sem palavras fico a te recordar, em meus pensamentos, mas estas fora do meu alcance. Sei que a sua caminhada continua, dia após dia, em direção a evolução espiritual, para a verdadeira vida eterna.

Às vezes me vejo olhando pro céu e vejo as nuvens se formando, e peço a elas que desenhe só pra mim o teu retrato.

Mesmo acreditando na imortalidade da alma, é insuportável a aceitação,da sua partida, tento direcionar nossos sonhos, mantendo a esperança de que tudo é transitório.
.Assim como as águas se encontram nós também o faremos.
Acreditando que o amor tece laços com o interminável
Amo-te pra sempre até o infinito.
Texto:Marise Couto

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Quando Você Perde Alguém

                                            Quando Você Perde Alguém
                                             Poeta Antônio Carlos
                                             Composição: Poeta Antônio Carlos



Quando você perde alguém que você ama muito
Um grande amor, o céu perde a cor, o Sol perde o brilho
Tudo fica sem sabor, a vida perde o valor,
A alma parece mergulhada no lugar mais fundo do mundo
E as cordas que os amigos jogam, são curtas e fracas,
O mundo acaba , e você fica só, sem alguém que
A necessidade de companhia sempre chamou
De outra metade de nós, gostosa ilusão

O coração fica faltando um pedaço,
Agora só o tempo vai curar um coração ferido
Mas o tempo passa tão devagar que onde ele
Cicatriza ele mesmo faz sangrar,
Estas são as marcas deixadas pela flecha do amor
Ao atravessar o peito
Mas o verdadeiro amor é compreensível
E sempre encontra a palavra que diz
Você vale por quanto ama

Mas esse tempo sem pressa e sem promessa de nada
Tudo parece um barco a deriva,
E vento ao contrario, e muita desilusão
E experiência dolorida, e corte que demora fechar,
O remédio é esperar, esperar, esperar.

Saudades Ramon Floyd!!!!!

sábado, 9 de julho de 2011

Ramon Floyd- Teu Jeito Moleque

Saudade do tempo em que eu ainda tinha o domínio sobre sua vida.
Quando você me dizia vou, e eu respondia, “não vai”, e nessa hora a palavra final era minha.
Não era maldade, era uma forma de amparo, essencial, para aplacar a minha angustia, de você correr risco.
Difícil de explicar e compreender os motivos de tamanhas preocupações? É saber que mãe não tem limite de doação, pode parecer chata, irritante, mais só quer o seu bem.
Filhos ´são a nossa maior dádiva, maior alegria, nossa razão de viver.Nosso sentido de vida.
Medo de saber que nessa vida tudo é implacavelmente volátil.
Temor da violência da perda, que hoje tanto se faz presente, tornou-se universal, e ninguém esta imune a ela.
Uma nova fase de nossa existência inicia quando você, com seu livre arbítrio assume as suas escolhas, determina suas ações, e abraça com a auto confiança as experiências que você adquire diariamente.
É ai que determina como vai caminhar pela vida, e fazer a sua história.
Mesmo com as minhas inquietações já não tinha mais o controle do “não vai” Você cresceu, eu percebi, mas para mim ainda era tão criança, era o meu moleque.
Saudade de passar as noites em claro esperando que a porta se abrisse, e dizer Graças a Deus ele chegou esta bem.
Aguardar seu telefonema, e ouvir mãe ta tudo bem, daqui a pouco estou chegando,que.Que calma e paz isso me trazia a sua presença confortadora.
Saudade desse tempo, de seus beijos, abraços, dos seus carinhos, dos seus sorrisos, do seu olhar.
Das risadas que dávamos, das fofocas que contávamos, de ouvir seus projetos e seus sonhos.
Saudade da bagunça de seu quarto que varria e arrumava, da zona que deixava na minha cozinha, com cascas de bananas espalhadas, dos potes de danone vazios, que deveriam ir pro lixo, mas em cima da mesa, e da pia ficavam, dos copos pratos, e talheres que sujava e dificilmente limpava.
Saudade do monte de roupa que você sujava e eu lavava
Saudade de você pedir exatamente àquela roupa que não estava passada.
Saudade de fazer aquela comida de que você gostava, e depois tanto elogiava.
Saudades de ver suas coisas jogadas, e que por isso muitas vezes brigava, mas com seu jeito.
Moleque me convencia e eu ajeitava.
Saudade da música alta, que me perturbava e você achava graça quando a porta eu fechava.
Saudades de teu jeito moleque de pedir sabendo que nunca irias ouvir não.
Saudades das nossas brigas, por coisas bobas... Outras vezes não.
Saudade de saber que mesmo você errando... Nunca me dava razão.
Saudades das vezes que você achava que me enganava.
Saudades de quando você me achava chata, mal-humorada, dizendo que te sufocava, que tirava toda a sua liberdade.
Saudade das vezes que dormia fora, mas de manhã chegava.
Saudade da Campainha da porta, que mesmo sabendo que era para você, eu atendia.
Saudade do telefone tocando e você gritando “mãe atende ai” e que também nós dois sabíamos que não era pra mim.
Saudade do seu comodismo: mãe faz lanche, traz água, traz almoço, traz janta, traz refri.
Saudade de ouvir você dizer boa noite durma bem.
Saudade de quando dizia “mãe vou sair, vou dar uma volta”.
Saudade de ouvir você dizer: “és a melhor mãe do mundo”.
Saudade de tudo isso e mais um pouco, principalmente de você.
            Saudade porque desta vez...Você não voltou!
         
Texto: Marise Couto


quarta-feira, 6 de julho de 2011

Sonhadores


















Sonhadores nunca morrem.

Quando se vão passam a viver de outra forma.

Transformam-se em inspiração

E assim continuam presentes em nossos caminhos,

Vivos nos sonhos que semearam.

Quando quisermos vê-los novamente

Deveremos usar os olhos do coração,

Olhos capazes de ver tudo o que é belo

E também tudo o que é capaz de inspirar o belo.

Quando sonhadores partem

Juntam-se a outros sonhadores,

Para continuarem a semear em nossas vidas

As sementes do que de melhor há no mundo,

Do que faz a vida valer à pena e tornar-se plena,

Do que dá brilho a esperança e alimento a paz.

Sonhadores nunca morrem.

Quando se vão deste mundo passam a viver de outra forma,

Vivos nos sonhos que semearam.

Continuam a habitar nossos corações,

Ensinando-nos o verdadeiro sentido de estarmos vivos,

E lembrando-nos o verdadeiro sentido para dedicarmos nossas vidas.
Texto: Aluísio Cavalcante Jr.                              Ramon Te Amo!!!!!

sábado, 2 de julho de 2011

Eu Busco Você

                          
 
 
 
 
 
 
                 Ramon

Na sua ausência, a minha busca constante
Te Amo.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 Eu busco na recordação a marca da promessa que um dia você me fez, e me sinto levitar como se você me atraísse, através de uma energia magnética.

Eu busco na saudade, saber que na sua vida fui importante, estou codificada em seu coração.

Eu busco na esperança, a certeza do reencontro, na espiritualidade, na renovação. .

Eu busco no céu azul, a sua morada o seu paraíso a sua verdade, sua aspiração.

Eu busco na sua ausência, o amor que se fez nostalgia por determinação.

Eu busco na memória, a lembrança de dias felizes, na vida, no tempo, na eternidade e na provação.

Eu busco no seu encanto, a natureza, que na sua vida sempre foi paixão.

Eu busco a sua magia, ao olhar o sol, ao olhar a lua.

Eu busco nas estrelas o brilho do seu olhar, que tanto fascina.

Eu busco na brisa, o toque delicado da sua Mão na minha face.

Eu busco o silencio, pois sei que no silencio você esta mais do que presente.

Eu busco pensar em você, somente em duas ocasiões: Dia e Noite.

Eu busco em cada flor, a essência do seu perfume, da sua ternura.

Eu busco o tempo, o sonho, o momento, tudo isso passa, só não passa você.

Eu busco em seu coração, o otimismo, a esperança, e que ele possa se expandir em luz e calor.

Eu busco o seu pensamento, para se conectar com o meu, em total sintonia de afeição.

Eu busco o seu sorriso, no sorriso puro de uma criança, e você traz até a mim momentos lindos.

Eu busco em seu olhar, a certeza que me segue e me sustenta em todas as estações.

Eu busco a sua voz, no canto suave de um pássaro, que sabendo viver, vôo ao espaço, em total liberdade.

Eu busco em sua boca, palavras de conforto para um coração que sofre, com sua partida.

Eu busco você em cada momento, que ficou eternizado no meu intimo.

Eu busco o seu carinho, na certeza de que fiz tudo, para ter você perto de mim.

Eu busco sentir a sensação de ter, o teu abraço a me proteger a me envolver, nos meus mais profundos pensamentos.

Eu busco sentir no sopro suave do vento a percepção dos seus beijos

Eu busco em você, minha eterna criança, a proteção de um anjo: meu amigo protetor.

Eu busco em você, o amor de almas...Que supera as barreiras da vida e se torna infindável.

Eu busco em você, a inesquecível e interminável aliança, do amor infinito e incondicional.

Eu busco DEUS na sua perfeição, na sua imortalidade e no nosso para sempre.
                                                                                       
Texto:Marise Couto